Psicopatas podem destruir a sua vida, conheça 5 traços comuns entre eles

Psicopatas podem fazer você sofrer grandes desilusões amorosas, é preciso estar atenta(o) a personalidade da pessoa com quem você quer se relacionar.

Norman Bates é um personagem fictício criado pelo escritor Robert Bloch

A psicopatia apresenta 3 níveis de agravamento, no seu nível mais brando não torna o psicopata um criminoso, mas a sua natureza psicopática impõem que ele prejudique outras pessoas de forma, psicológica, emocional, financeira ou mesmo profissional.

Saiba que a cada 100 pessoas 4 sofrem de transtorno de personalidade e esse transtorno ocorre tanto em homem como em mulher.

Porém, somente 1% dessa população apresenta o modo mais grave do transtorno de personalidade, que pode chegar até a matar.

A psicopatia é mais evidente nos homens. Crê-se que estão na proporção de 3 homens para cada uma mulher acometido desse transtorno de personalidade, também chamado de psicopatia.

5 traços comuns entre os psicopatas

Cada sexo apresenta suas próprias peculiaridades, em relação à forma como manifesta a psicopatia.

Segundo dizem as estatísticas, cada um de nós encontrará pelo menos 15 psicopatas ao longo da nossa vidas.

Se você cair nas mãos de um(a) psicopata a possibilidade de você sofrer imensamente é de 100%.

O psicopata não gosta de nenhuma pessoa (pais, filhos, companheiro, amigos). No máximo ele tem um sentimento de posse sobre essas pessoas.

E quando um psicopata forma uma família não faz por amor, mas para passar uma boa imagem à sociedade e assim obter benefícios para ele mesmo.

Ele ou ela, vai acabar com as suas finanças e quando ele for embora você estará endividada e poderá até perder seu patrimônio. E o que é pior talvez, ele destruirá a sua autoestima e sua credibilidade social.

Para te ajudar a evitar esse tipo de problema em sua vida separei 5 traços que são comuns na maioria das pessoas com psicopatia, segundo os psicólogos e psiquiatras.

1. Psicopatas tem pouca ou nenhuma empatia

vítima de um psicopata mulher chorando
Empatia é a capacidade que temos de nos colocarmos no lugar do outro.

Significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria outra pessoa caso ela estivesse na mesma situação vivenciada por ela.

Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções do outro.

A empatia leva as pessoas a ajudarem-se umas às outras.

Os psiquiatras nos dizem que os psicopatas são totalmente indiferentes e insensíveis aos sentimentos alheios.

Eles são mentirosos e manipuladores, a falta de empatia dos psicopatas pode não ser facilmente percebida, visto que eles conseguem enganar as pessoas com as suas lágrimas falsas, se assim desejarem.

2. Eles não aceitam ser contrariados

Por não sentir receios ou medos o psicopata não teme as punições que suas ações possam acarretar.

Ele não suporta ser contrariado e tem dificuldades em lidar com a rejeição e/ou a frustração, o que pode torna-lo agressivo.

O psicopata ou sociopata é uma pessoa que costuma ser bastante teimosa, agressivas e apresenta comportamentos explosivo.

Muitas vezes eles tomam atitudes de modo impulsivo, sem levar em consideração os sentimentos das outras pessoas.

3. sempre culpam os outros pelos seus próprios erros

casal brindando seriam psicopatas?
Os psicopatas nunca acham que estão errados e colocam sempre as culpa dos seus próprios erros nas outras pessoas.

Outras vezes o psicopata também usa de manipulação para fugir dos seus erros, armando grandes encenações de arrependimento, puro teatro. chegando mesmo a comover algumas pessoas desavisadas.

De uma forma ou de outra o psicopata nunca vai reconhecer que está errado e, consequentemente, não sentirá remorso de qualquer coisa que tenha feito.

4 – Relacionamentos

Os psicopatas possuem um encanto superficial e muita sedução, são capazes de manipular aos pessoas ao seu redor. Eles utilizam essa habilidade como meio de atingir os seus fins.

5 – O Psicopata não aprendem com seus erros

O psicopata dificilmente se corrige.

Se ele não possui sentimento de culpa e não compreende o sofrimento dos outros, ele não consegue perceber o “porquê” de estar sendo corrigido ou a necessidade de auto corrigir o seu comportamento.

Quando vão para a prisão, são presos exemplares, bem comportados, amáveis, prestativos. Sendo muito hábeis em manipular chegam a convencer seus educadores de que estão corrigidos.

Para finalizar você precisa saber que psicopatia não é loucura nem doença, mas sim um grave transtorno de personalidade, que até onde a ciência médica sabe, no momento não tem cura.

Evite oferecer um diagnóstico amador. Uma coisa é suspeitar que alguém tem o distúrbio, outra é diagnosticá-la sem que você seja um psiquiatra ou psicólogo.

separador de texto

Recomendo também os artigos

1 – COMO SER FELIZ NA VIDA EM 11 PASSOS SIMPLES

2 – 9 MANEIRAS DE COMO SUPERAR UM TÉRMINO DE UM RELACIONAMENTO AMOROSO

3 – 3 PASSOS PARA FAZER UM HOMEM TE AMAR